Pertencimento – O Sexto Nível do Processo Evolutivo!

O sexto nível evolutivo nos convida a observar quem somos e a quais grupos pertencemos. Pensar que vivemos em uma sociedade grupal nos leva a refletir quais grupos seriam estes. Há diversos tipos de grupos, sejam eles institucionais como o trabalho, a igreja, a escola, os partidos políticos as ONG’s, ou grupos sociais como os de amigos, de festas, de passeios etc., e nós podemos pertencer a mais de um grupo.

O importante não é a natureza do grupo, se é mais ou menos formal. O importante é a conexão do indivíduo com esses grupos. Para estarmos conectados e inteiros com as outras pessoas é preciso primeiro termos conseguido acessar nossa mais pura essência e potencialidade interior. Sem saber quem nós somos, amar, respeitar e valorizar nossa história de vida, dificilmente seremos bons coletivamente.

Nossa vida é feita de relações, então é muito importante que o indivíduo consiga se relacionar com maestria com outros indivíduos. O trabalho desenvolvido pelo coach tem como objetivo aproximar as pessoas de si mesmas e dos outros. Nesse sentido, o pertencimento ou a afiliação é um patamar em que se observa o quanto essa aproximação produz a edificação das pessoas.

Pertencer a um grupo é permitir verdadeiramente ser tocado e tocar as outras pessoas. É uma evolução mútua, em conjunto, com o intuito de criar grupos cada vez mais sinérgicos e extraordinários.

Texto: Jose Roberto Marques

Deixe seu comentário