WhatsApp Image 2020-03-06 at 17.28.23

JIU-JITSU + SURF

Jiu-Jitsu+Surf
Gostaria de trazer pra vocês uma reflexão minha sobre a igualdade entre a Bjj e Surf e mostrar a ideia que iniciei nas aulas para meus alunos, onde desenvolvi um drill de Ginástica natural que nos remetem aos mesmos movimentos de base e equilíbrio do Jiu-Jitsu e do Surf, tais quais benefícios serão acrescentados aos nossos treinamentos.

  • Aquecimentos diferentes e dinâmicos
  • Coordenação motora
  • Capacidade de Racionalizar
  • União do life style

Eu busco sempre trazer algo diferente para as aulas, mas que na verdade faça parte da minha realidade e que possa agregar aos meus alunos. E assim como o Jiu-Jitsu, o surf é uma das minhas maiores paixões, a galera de ambos esportes estão cada vez mais unidas no mesmo life style.
Até porque, se pararmos pra analisar são dois ambientes completamente distintos, porém, são idênticos os desafios, as sensações, os riscos e a adrenalina.

Acredito que a mais importante compatibilidade entre ambos esportes é a capacidade que desenvolvemos em manter a calma sobre pressão e racionalizar cada movimento.
No Jiu-Jitsu ensinamos uma filosofia na qual não devemos ir contra a força bruta, mas em usar a força do seu adversário a seu favor para ganhar velocidade e fazer a melhor manobra possível, você não mede forças contra uma onda, você usa aquilo que ela te dá contra ela mesma.

O Surf tem algumas peculiaridades únicas, quando olhamos aquelas ondas grandes e perfeitas mesmo sabendo dos riscos entramos no mar com um prazer incomparável, assim como no Jiu-Jitsu que lidamos com diversos desafios, como enfrentar um treino duro mesmo cansado e impor o seu jogo, com aquela energia de poder fazer o que gosta em sua melhor performance. Os lutadores e Surfistas tem em comum a habilidade e atitude de enfrentar seu desafios, de saber lidar com o medo, imprevistos e treinar duro pra isso!

Eu correlaciono um oponente no momento de luta com a mesma imprevisibilidade que uma onda, você muitas das vezes não sabe quando a onda vai crescer, quando ela vai quebrar e nem para qual lado e a que força, ela pode te surpreender a qualquer momento, é onde trabalhamos a calma, o raciocínio lógico e aplicamos a técnica, aprendemos a lidar com o sufoco de tomar aquele caldo da mesma maneira que tomamos uma pressão, para reagirmos de forma eficaz e nos mantermos no jogo.

É impressionante que até a história cultural dos esportes são parecidas, antigamente a galera do surf não podia ver um forasteiro em suas ondas que acabava mal. E no Jiu-Jitsu tivemos muito atraso no esporte por conta dessa rivalidade entre equipes, não se via caras de equipe X nem conversando quem dirá fazendo um treino com caras de equipe Y, era cada um no seu território se não também acabava mal. Hoje vemos aos poucos morrendo essa cultura de rivalidade e egocentrismo, e se tornando algo positivo de competitividade e superação e também trocas de experiências, pontos muito positivos para atletas e praticantes.

Inclusive, devo citar grandes nomes como Marcus Buchecha, Flavio Canto, Wiggolly Dantas, Carlos Gama que seguem essa união dos esportes em um único life style, ótimos exemplos de como vale a pena conectarmos as praticas na maior energia!

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email